O Livro de Efésios – Parte 2


O conceito de Graça - GIldásio Leal
O conceito de Graça - GIldásio Leal

Olá, querido leitor, a Paz do Senhor Jesus! Sou o Pastor Gildásio Leal, Pastor, Professor de Teologia em cursos livres, na Escola Bíblica Dominical e servo do Deus Altíssimo. Aproveito  para agradecer à ADCN por me conceder este espaço para junto com você, aprender um pouco mais da Palavra de Deus, esta fonte inesgotável do saber.

E vamos à segunda parte de nosso estudo.

 

Efésios capítulo 2, versículos de 8 a 10 – Segunda Parte

 

O Conceito de graça.

No Grego é Charis, que significa graça, favor, benevolência, favor imerecido,presente, favor gratuito. É o favor imerecido de um superior a um subalterno (nesse caso de Deus para com o homem) Vide  Mateus 18.23-27.

Dentro da Teologia Cristã, a Graça veio a indicar o favor Divino, gratuitamente oferecido (Ef 2.8,9; Mt 18.23-27). E esta seria a melhor definição de graça salvadora(Mt 18.23-27). Paulo assevera que a salvação é obra gratuita de Deus e que o homem pode alcançar essa Graça por meio da fé. Até essa fé vem de Deus. Tudo provém de Deus. Nada é propriamente nosso . A Graça e a fé salvífica, são atos soberanos e exclusivos de Deus, somente de Deus, sem o auxílio humano ou de qualquer outro ser.

A expressão, PORQUE PELA GRAÇA, SOIS SALVOS, MEDIANTE A FÉ; E ISTO NÃO VEM DE VÓS; E DOM DE DEUS (Ef. 2.8), quer dizer que a salvação, é desde o início até o final. É um presente de Deus. A relação salvadora de Deus com o homem tem seu início e término em seu próprio propósito eterno(vamos falar mais tarde sobre isto).  A Graça também anula as obras como meio de alcançar a salvação. A associação de fé e obras na salvação é impossível ! Se assim fosse, a Graça já não seria graça.

A Graça não é um galardão ou recompensa, mas simplesmente Graça. Não de obras, como diz o Apóstolo Paulo, para que ninguém se glorie. É dom de Deus. Como o homem pode receber a salvação que lhe é oferecida pelas mãos divinas? Pela instrumentalidade da fé. E este é outro assunto que também vamos comentar… Aguarde o próximo estudo.

Fico por aqui. Que a Graça abundante do Senhor Jesus permaneça com você.

 

Anterior Irmão Antonio Leite, você faz parte dos 45 anos da ADCN!
Próxima O querer e o realizar vêm de Deus

Não há comentários ainda.

Deixe um comentário.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *